| 8 comentários ]

..caso eu já não fosse um deles.

A cada dia me envergonho mais de ser um evangélico, e creio que grande parte seja causada pelo sentimento de vergonha alheia. Que fique bem claro que eu não me envergonho de ser um Cristão, de seguir o estilo de vida proposto pelo maior revolucionário de todos os tempos. Que se saiba também que eu não estou apostatando da fé, mas estou é desistindo, aos poucos de ser um evangélico, de seguir modelos ultrapassados, de receber continuamente um convite à alienação, e ver que a última coisa que se faz na maioria das igrejas evangélicas é cultuar o nome de Deus por intermédio do exemplo do Cristo.

Cito abaixo algumas rasões pelas quais, caso eu já não fosse um destes, eu não me tornaria um evangélico.

1. Porque não nos cansamos de pregar o mesmo evangelho da bênção, o mesmo evangelho da prosperidade, nos esquecemos do evangelho da compaixão, da caridade, nos esquecemos que a maior mensagem é a do amor. Aliás, até nos lembramos do amor, do insano amor ao dinheiro, e vamos enchendo nossos templos, inflando nossos egos e comprando mais e mais horários na tv e no rádio para anunciar ao mundo o nosso deturpado evangelho.

2. Porque os santos evangélicos abdicamos do exercício de nossa suposta santidade quando a coisa diz respeito a conviver com o diferente. Por que nós pregamos sobre a passagem do bom samaritano mas sempre nos comportamos como levita e o sacerdote omisso. Achamos linda a maneira com a qual Jesus realizava milagres entre prostitutas e leprosos, mas não conseguimos fazer o mesmo com os excluídos desse tempo.

3. Porque os evangélicos sabemos que para Deus não importa o lugar da adoração, se é em Samaria ou em Jeruzalém, mas continuamos a ensinar que para adorar de verdade tem que ser na igreja, com fundo musical com bastante glória e aleluia e ainda chamamos isso de verdadeira adoração.

4. Porque fazemos de nossos cultos verdadeiros shows, um espetáculo recheado de histerias, com direito a saltos, gritos, momentos intermináveis falando em línguas estranhas e ainda olhamos para quem não o faz como se ele fosse um estranho.

5. Porque sempre pregamos dizendo “Essa é uma verdade que a bíblia nos revela” quando queremos que deem atenção ao que estamos falando, mas no fim das contas quase nunca damos a devida atenção a Cristo que é a verdade revelada.

6. Porque usamos para símbolos de nossas igrejas sempre uma pomba, um foguinho, uma espada, uma sarça e coisas parecidas e esquecemos que o símbolo maior é a cruz, onde foi consumada uma história de dedicação pelo outro em amor, protagonizada por Jesus.

7. Porque somos sectaristas, não aceitamos o cristianismo dos católicos, não aceitamos o cristianismo das outras denominações e muitas vezes não aceitamos o cristianismo do irmão sentado ao lado de nós no templo.

8. Porque criticamos a idolatria aos santos, não conseguimos muitas vezes enxergar a arte nas esculturas e pinturas da ICAR. Mas além disso, nós mesmos somos muitas vezes os maiores idólatras, pois quando não exaltamos a Paipóstolos e bispos a torto e a direito, criamos modelos infalíveis de contato com deus e a esses modelos adoramos.

9. Porque teimamos, em nossa ilusão religiosa, em achar que há duas classes de pessoas, os bons e os maus, e que os bons são os que são parecidos conosco, e os maus todo o restante.

10. Porque cremos numa conversão que é expressa em abandonar memórias, acontecimentos prazerosos do passado, e mais ainda, transformamos toda e qualquer forma de prazer em pecado, e a cada dia vamos inventando pecados novos, vivendo na graça mas se deleitando na lei por detrás da moita. E nesse modelo de conversão nem mesmo nós sabemos ao certo do que estamos nos libertando.

E quem me dera se eu tivesse lido isso antes de levantar a mão e dizer aceito.

Nilton de Freitas

Fonte: Not-lin, via PavaBlog

Por Amenidades da Cristandade

Respeite os direitos autorais! Ao reproduzir este texto, cite as fontes, inclusive as intermediárias!

8 comentários

Marcos disse... @ 12 de abril de 2009 19:20

Achei este site pelo blog Novo Evangelho, por sinal um ótimo blog, mas me desculpa, acredito que o autor deste texto foi infeliz em escrever, mais ainda o dono deste site em publica-lo.

Francamente, temos muitos donos de site e blogs afastando o povo do caminho de Deus

Josimara_SP disse... @ 13 de abril de 2009 02:01

Pois eh... Sendo evangélica praticante desde pequena, gostaria de ACRESCENTAR um item - POR QUE NÃO SERIA EVANGÉLICO?!... - 11. Porque infelizmente me deparo com pessoas que se acham santas demais, Que em vezes de dobrar os joelhos e interceder pelas as pessoas que se dizem evangélicas, se acham no direito escrever em um blog (público) um ponto de vista totalmente torpe. Nas justificativas anteriores não vi nenhum referencia Bíblica para essa “revelação” (se é q pode ser chamado dessa forma), está apenas criticando os “evangélicos” e não enfatizando o que as escrituras sagradas dizem com relação à Santidade ou até mesmo o Amor ao Próximo. Francamente!

Samuel disse... @ 13 de abril de 2009 19:56

Acho interessante essa critica pois ela não é destrutiva pelo contrario ela é construtiva.Gostei bastante do blog.

Que Deus abençoe a todos

Anônimo disse... @ 14 de abril de 2009 18:23

Caro amigo (se é que posso lhe chamar assim)...

Você nem está olhando pra Cristo. Se lesse um pouco a bíblia, veria que ela está recheada de exemplos que vc deu como a falta de amor, erguer altares para outras pessoas (ou objetos), indiferença, pecados ocultos, etc - pra refrescar sua memória leia Genesis...
Agora, você escreveu algo que doeu... "eu eu lesse isso aqui antes eu não teria aceitado o evangelho" - MOSTRA A SUA IMATURIDADE em lidar com as coisas de Deus. A salvação é individual, por isso, vc estaria negando o seu Salvador, que morreu por vc...

Eu ainda acho q vc é uma pessoa frustrada ministerialmente ou recebeu algum não de alguém, por isso agora decide escrever certas coisas que, ao meu ver, pouco ajudam a aumentar o reino de Deus.

Caro amigo, me desculpe se te ofendi, mas se apegue mais a Deus e deixe essas coisas de lado... SEU ALVO É JESUS!!!

Fique na PAZ.

Anônimo disse... @ 15 de abril de 2009 15:22

Excelente texto.
Como Cristãos devemos ser o Sal da terra e luz do mundo, mas estamos insipidos e sombrios atualmente. A verdadeira profecia tem relação com dununciar erros e injustiças, mas hoje, a maioria dos cristãos quando vêem o erro dentro dos seus "arraiás" dizem apenas que "devemos orar". Ora, criticamos os politicos, os corruptos e os injustos publicamente, mas quando vemos lambança em nosso meio vamos ficar quietinhos, sem critica, com oração sem ação, pois o fulano é evangélico e nossa "hipocrisia corporativista" não nos permite dizer que evangélico erra e tem que sair do erro, temos só que orar quietinhos no canto. DEIXEMOS A HIPOCRISIA, ASSUMAMOS OS NOSSOS ERROS E DENUNCIEMOS ISSO.
Parabéns ao blog. Isso sim é ato profético verdadeiro!!

Costa Moreira disse... @ 17 de abril de 2009 00:51

Os NeoFariseus logo se manifestaram, hein? Será que o Cristo teria que voltar apenas para dizer aos evangélicos que não pertence a eles, como João Batista afirmou que nenhum judeu poderia se considerar filho de Deus apenas por ser filho de Abraão?
O Senhor Cristo quer qualidade e não
quantidade ("muitos serão chamados e poucos serão escolhidos"). Favor parar de confundir evangélico com cristão. Muitos são evangélicos e cristãos mas muitos também são evengélicos sem serem cristãos e muitos são cristãos sem serem evangélicos.

Iceman disse... @ 13 de maio de 2009 16:10

Infelizmente as pessoas se afastaram do primeiro amor.
Tudo que o autor disse é a mais pura verdade.
As pessoas não estão interessadas numa fé pura e verdadeira.
A mesma deturpação do evangelho que motivou a reforma protestante está acontecendo agora, no meio evangélico.
Eu mesmo deixei de ser evangélico, sou Cristão.

Cate Ernshaw disse... @ 4 de agosto de 2011 11:00

Oi pessoal... Eu sou evangélica, (rsrsrs) e, de fato, seria uma tola se dissesse que não há esse tipo de coisa em nossas igrejas(há sim, e é vergonhoso)...
Mas se você olhar apenas por esse lado, você não estará sendo sábio, nem efetuando a vontade de Deus...
SE AFASTAR DA IGREJA NÃO É A RESPOSTA...
Criticar todo o mundo evangélico também não... Eu tenho 19 anos, sou crente desde os treze, mas não conhecia a Deus... Eu ia para a igreja como muita gente vai hoje, só pra receber umas palavras de conforto durante algumas horas, ouvir os hinos, sentar lá e ver o povo... (rsrsrs)
Eu pequei muito... Sendo crente...
Minha vida era horrível, depressão, rebeldia, não obedecia meus pais, e eu falava mal dos meus irmãos também, por que muitos deles também eram como eu...
Mas quer saber... Sentei lá naquele banco durante anos, e, eu sei que não foi em vão... Chegou um momento, em que não havia mais saída em minha vida, eu não via mais nada de bom... MAS DEUS VIA...
Ele me livrou e me salvou, quando clamei a Ele...
Tem muita gente no mesmo lugar em que eu estava...
Mas pode ter certeza... DEUS TEM MISERICÓRDIA, ELE SALVA!
Não diga às pessoas para pararem de ir às igrejas, não diga a elas para desprezarem os evangélicos, por que há salvação, mesmo para um hipócrita, como eu fui...
O que Jesus dizia?
"Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.
Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem[...]" Mateus 23: 1- 3
JESUS NÃO MANDAVA ELES SE AFASTEREM DAS IGREJAS, PELO CONTRÁRIO, ELE MESMO, QUANDO CHEGOU A HORA, FOI LÁ NA FRENTE E SE APRESENTOU DIANTE DELES CITANDO A PROMESSA ESCRITA A RESPEITO DELE EM ISAÍAS, E SE IROU QUANDO COMERCIANTES FIZERAM DA IGREJA UMA CASA DE NEGÓCIO! TAMBÉM PAULO IA PRIMEIRO NAS SINAGOGAS, E DEPOIS, ENTÃO, É QUE IA ÀS PRAÇAS!

Tenho certeza de que Deus tem um plano na sua vida, tão cheio de amor como você demonstrou ser no texto, um idealista... Agora, para fazer a diferença, em sua igreja, em sua casa, em sua comunidade, não convém agir de modo rebelde, honre a Deus, faça todos verem, todos verem que você, de fato é o sal!!
Eu sei que há gente falsa, mas a luz resplandece nas trevas...
Aprendi muita coisa, e conheci gente que tenta, sabe, tenta realmente fazer a diferença, não há só os malvados, há pessoas buscando de verdade... Há gente "crente" de verdade!

Postar um comentário