| 10 comentários ]

Thammy participou do programa Superpop (Redetv!) e afirmou ter sido vítima de homofobia por parte de um pastor da Assembléia de Deus. Ela queria se batizar e o batismo foi negado.

Os motivos da negativa do batismo são óbvios. Junto com a ex-namoradinha dela, a modelo Julia Paes, gravou um filme de sacanagem. Fora esse filme, ela ainda atuou em outros, todos na linha sexo homossexual... As aulas de Escola Dominical, aulas de discipulado, ensinam que há dois principios importantes para quem quer se batizar: primeiro, é preciso ter fé em Cristo e em segundo lugar se arrepender dos pecados cometidos. Para alguém passar pelas águas do batismo precisa, antes, mudar de vida, ter consciência de que o batismo significa a morte do velho Eu.

No mesmo programa havia um pastor de uma igreja evangélica liberal, ele ofereceu batizá-la, e na ocasião haveria a cobertura do programa Superpop, mas ela se mostrou irredutível no seu propósito de ser batizada na Assembléia de Deus.

É sabido que ninguém pode impedir quem quer que seja de freqüentar uma igreja, que é um espaço público. Agora batizar-se é pressuposto de membrar-se e nas condições que a Thammy está é inviável, biblicamente. Como poderá se batizar se ainda não dá mostras de estar convertida?

Caso ela queira, verdadeiramente, se arrepender e abandonar o pecado, o batismo será possível, maravilhoso, para a glória de Deus. Nas condições atuais é um assinte ao Evangelho e aos assembleianos.

Creio que o bom senso deveria ser levado em conta, quem quer fazer parte da Assembléia de Deus, ou de outra denominação evangélica, deve querer também viver de acordo com os costumes dela.

Essa situação coloca a Assembléia de Deus contra a parede? Será qie a liderança agirá com medo das ameaças do PL 122/2006 ou perseverará na fidelidade a Deus até o fim ?

Fonte: Blog Eliseu Antônio Gomes

Por Amenidades da Cristandade

Respeite os direitos autorais! Ao reproduzir este texto, cite as fontes, inclusive as intermediárias!

10 comentários

Mário Teresa, disse... @ 15 de dezembro de 2008 08:37

A paz amados!
Espero que não seja uma forma da moça de conseguir mídia e ridicularizar a igreja, espero que ela esteja mesmo sentindo em seu coração o desejo de viver com Cristo e se arrependa!

Ao blog:
Pq vcs fazem anúncios de amuletos em seu espaço?! Para mim é estranho e contraditório!

Amenidades da Cristandade disse... @ 16 de dezembro de 2008 00:29

Caro Mário, com relação aos anunciantes, estes aparecem aleatoriamente através do programa que utilizo, do Google Adsense.

Mário Teresa, disse... @ 16 de dezembro de 2008 17:35

Ok! Perdoe a minha ignorância-tecnológica!! (srsrs)
A paz!

Rosa de Saron disse... @ 25 de janeiro de 2009 16:10

Paz do Senhor Jesus!
Fez bem a Assembleia de Deus, verdadeiramente aquele que aceita a Jesus de coração sua vida muda radicalmente.
Como uma pessoa que fazer parte do corpo de Cristo se não deixou seu velho eu e não quer seu uma nova criatura em Cristo Jesus.
Estou de acordo com a Atitude da Igreja!
Que Deus vos abençoe!
E digo mais, Jesus não é brinquedo!

lidiane disse... @ 6 de fevereiro de 2009 12:45

será que ela não percebeu que o batismo é coisa seria?! logico que Deus não faz acepção de pesosas mas... tudo tem um limite né? concerteza nesta igreja tem gente de oração!

esme disse... @ 11 de fevereiro de 2009 18:14

final dos tempos,por darem ouvido a doltrina de demonios muitos apostaria da fé em cristo,a igreja assembleia deixou o mundo entra por suas portas,agora aguenta né.

Emerson disse... @ 22 de fevereiro de 2009 18:06

ACHO QUE CADA UM DEVE VIVER DO SEU MODO NÃO O MODO QUE SOCIEDADE QUER QUE VIVEMOS.ISSO É UM "PRECONCEITO ".VAMOS DAR UM BASTA NISSO.CHEGA.HOMOFÔBIA É CRIME .VAMOS LUTAR CONTRA ESSES PRECONCEITUOSOS DE PLANTÃO .

Leandro M Deon disse... @ 1 de março de 2009 08:30

Em primeiro lugar, é um "acinte" e não "assinte".

Mas eu gostei do artigo.
A humildade é uma virtude necessária a todo o cristão. Se alguém deseja entrar em uma igreja apenas para provocá-la, deve ter o mesmo tratamento que um flamenguista que queira ser sócio do Vasco.

Quanto ao pecado, a postura da AD é delicada, mas correta.
Vamos supor que não fosse o homossexualismo, e sim alguém que seja reconhecidamente adúltero, não queira se retratar e voltar ao casamento, e mesmo assim exija ser batizado.
É claro que qualquer igreja séria e coerente vetará esse batismo ou membresia por manter-se uma situação de pecado incompatível com a presença na igreja.

(o único desconforto é que adultério geralmente se esconde, enquanto que a homossexualidade se expõe, com orgulho, em manifestações públicas e na TV. Mas são ambos pecados iguais)

Agora quanto à uma verdadeira convicção cristã nela (e isso não me cabe duvidar), é muito bom que seja o começo de uma regeneração, pois há pessoas que convivem com duras penas para se verem livres de vícios bem ruins (alcoolismo, pornografia), mas são humildes de reconhecer e pedir oração.

Ela não fez isso.
Pelo contrário. Veio rebelde e fazendo exigências.
Quem é rebelde desde o princípio não tem koinonya com a casa de Deus.
Que fique fora dela...

Rivaldo disse... @ 15 de março de 2009 22:59

Boa Noite.

Aquí quem fala é o Pastor Rivaldo de Azevedo da Igreja Missionária Seara Santa daquí da Bahia. Fez bem a Assenbléia de Deus. Batismo é coisa séria e não se deve brincar com as coisas de Deus. Eu faria e faço o mesmo.A Igreja não deve se dobrar com as mudanças deste mundo secular. Evangelho é mudança de vida, é transformação.

Pr. Rivaldo de Azevedo

Pr. Sérgio disse... @ 17 de abril de 2009 23:18

Eu quero esclarecer ao Emerson que não se trata de "homofobia" e muito menos de "preconceito". Os filhos de Deus rejeitam o homossexualismo por 2 razões, sendo 1 razão de ordem física e outra de ordem bíblica. A razão física é que os homens são machos e só sentem atração por fêmeas; e as mulheres são fêmeas e só sentem atração por machos. O que passa disso é aberração e contra a natureza, como bem disse o apóstolo Paulo. Justamente, pelo lado bíblico, é o argumento do apóstolo Paulo, em Romanos 1:18-32: "...impiedade e perversão dos homens..deixando o contato NATURAL da mulher...cometendo TORPEZA homem com homem;...as mulheres mudaram o modo NATURAL de suas relações íntimas, por outro CONTRÁRIO À NATUREZA...recebendo em si mesmos a merecida PUNIÇÃO do seu erro", ou seja: a AIDS! Claro que existem muitos outros textos da Palavra de Deus contra o homossexualismo, mas este é um comentário e não um estudo bíblico. Mas é o suficiente para mostrar que não se trata de "preconceito", pois este termo significa julgar antecipadamente, SEM CONHECIMENTO DE CAUSA, ou seja: exercer um pré-juízo, ou um pré julgamento, desconhecendo a questão. Não é o nosso caso, pois conhecemos profundamente essa questão, desde o Velho Testamento, quando Deus condena enfaticamente essa prática abominável (inclusive destruindo Sodoma e Gomorra), até o ensino apostólico do Novo Testamento, quando declara abertamente que Deus não recebe em seu reino nem os EFEMINADOS e nem os SODOMITAS. Não somos homófobos (não perseguimos, não espancamos, não odiamos, não matamos e nem concordamos que façam isso com os homossexuais). Mas não queremos o homossexualismo, por ser uma imundície a qual Deus rejeita e nós também rejeitamos. Se alguém quer ser homossexual, e isso pode ser considerada como "opção", a nossa opção é sermos heterossexuais. Conseqüentemente, não aceitamos a prática do homossexualismo em nosso meio. Afinal, temos ou não temos o direito de fazer a nossa escolha?

Postar um comentário