| 1 comentários ]

O quinto CD da banda Oficina G3 pela MK Music, “Depois da Guerra”, um dos álbuns mais esperados do ano, acaba de chegar da fábrica e já é sucesso absoluto. A primeira remessa do CD, que chegou nesta quarta-feira, 17/12, à MK, se esgotou antes de chegar às lojas, devido as reservas dos distribuidores e pedidos feitos pelo site MK Shopping. A segunda remessa de Depois da Guerra chega na próxima segunda-feira, 22/12. O álbum já está esgotando também nas lojas.

Depois da Guerra” marca uma nova fase do Oficina G3, que traz pela primeira vez o vocalista Mauro Henrique, novo integrante da banda. São 15 faixas, com o mais puro rock e lindas baladas, do jeito que os roqueiros sabem fazer. Na comunidade oficial da banda no site de relacionamentos Orkut, os admiradores do Oficina G3 festejam e sabem que o tempo de espera valeu e está valendo a pena.

Depois da Guerra

Após muita ansiedade do público e algum suspense por parte da banda e da gravadora, chega às lojas o quinto CD do Oficina G3 pela MK Music, “Depois da Guerra”. O álbum marca uma nova fase da banda – que tem mais de vinte anos de estrada e duas indicações ao Grammy Latino no currículo. Uma das novidades é a chegada do novo vocalista, Mauro Henrique, ao grupo. As demais novidades você vai perceber ouvindo o disco, calma… e aqui, nesse texto também informamos algumas.

São 15 faixas, que trazem o mais puro rock – dessa banda que é uma das precursoras no estilo – e ainda as mais lindas baladas, que os roqueiros sabem fazer como ninguém. Em “Depois da Guerra” o Oficina G3 consegue tudo isso e muito mais: manter sua característica ministerial e o propósito confiado a eles por Deus: fazer do rock uma ferramenta de evangelismo e, claro, uma ótima música para os ouvidos, e para os pés (para quem gosta de tirá-los do chão).

Destaque para a faixa “Eu Sou”, que nasceu de uma experiência marcante do líder da banda e guitarrista, Juninho Afran. A letra fala de Deus, de sua onisciência e onipotência. Uma das estrofes diz assim: ‘Quem buscar Me encontrará / Quem pedir receberá / Quem invocar Eu vou ouvir / Eu sou, o EU SOU’. A música nasceu quando Juninho estava orando, e começou a tocar e a cantar a letra. A princípio, veio a dúvida: ‘Senhor, como eu posso escrever em Teu Nome?’ “Mas, logo em seguida, veio a resposta de que era o Senhor quem estava me dando a canção”, atesta Juninho, que compôs ao lado de Jean Carllos (teclado) e Duca Tambasco (baixo), seis das 14 músicas que compõem o álbum.

O vocalista Mauro Henrique – que tem uma linda voz e canta muito – também revelou sua veia poética no disco em “Incondicional”, letra que explica detalhes da ação de Deus na vida de seus filhos demostrando o Seu amor e cuidado com aqueles que o amam. “Incondicional” também ganhou versão em inglês, feita pelo G3 com suporte de Vitor Pinheiro, amigo da banda. Questionado sobre sua adaptação ao grupo, Mauro foi enfático em afirmar: “Está sendo a melhor possível. A galera já está em total harmonia”, garante.

Durante a gravação do álbum, Mauro morava em Brasília mas, com o lançamento de “Depois da Guerra”, mudou-se para São Paulo onde todos os integrantes residem. Após a entrada no Oficina G3, a vida do novo vocalista girou 360º. “Quando recebi o convite para fazer parte do G3 eu senti paz e tive a confirmação de Deus de que era algo vindo dEle. Hoje meu coração só quer uma coisa: entender a vontade de Deus para isso tudo e cumprir Sua vontade sem falhar”, afirma Mauro convicto do propósito do Pai para sua vida.

Juninho Afram comemora a chegada de Mauro. Para ele, foi um grande presente. “O Mauro é de Deus, e isso pra gente é primordial. Para fazer a obra de Deus, devemos estar na mesma visão. Viver com Jesus é a melhor experiência que o homem pode ter”, revela Juninho, que ao lado de Jean, Duca e Mauro, produziu o novo disco. Trabalho que eles não fizeram sozinhos.

As idéias da banda foram organizadas e somadas às criações de Heros Trench e Marcelo Pompeu, que também assinam a produção musical. É a primeira vez que o Oficina G3 trabalha com Pompeu e Heros. “Os caras estão há muitos anos na estrada do heavy metal”, revela Duca Tambasco. Os produtores, além de criarem, também funcionam como mediadores. Cada um dá a sua colaboração. E o clima entre todos foi o melhor possível no dia-a-dia de gravação de “Depois da Guerra”, realizada nos estúdios NaCena e MR. Som, em São Paulo, capital.

Falando em “Depois da Guerra”, o título é forte. Jean Carllos explica: “Parece que nós passamos por uma guerra. Esse CD então surgiu sendo um marco de tudo aquilo que já vivemos para o que vamos viver. O nome tem muito a ver com o contexto de hoje”. A capa reflete bem o tema: ruínas de uma cidade, com pétalas caindo do céu e uma rosa com folhas nascendo em meio à destruição. “A capa retrata aquilo que a gente acredita, que vivemos. As lutas, a batalha, sim, mas a alegria chegando com o amanhecer”, completa Jean. Não precisa dizer mais nada, agora é só ouvir.

Fonte: MK Music, via O Verbo

Por Amenidades da Cristandade

Respeite os direitos autorais! Ao reproduzir este texto, cite as fontes, inclusive as intermediárias!

1 comentários

Marcelo Sabadini disse... @ 23 de dezembro de 2008 10:20

Este cd esta mto bom!

Postar um comentário