| 5 comentários ]

Danilo Gentili, um dos repórteres do humorístico CQC (Custe o que Custar) da Band, deu uma entrevista ao Blog "O Apanhador" e falou sobre sua experiência na igreja.
Danilo foi pivô recentemente de uma polêmica envolvendo os evangélicos por ter feito uma matéria na Marcha para Jesus, onde fez várias sátiras e piadas contra os evangélicos.


Veja parte da entrevista:

O Apanhador - Voce já foi realmente expulso da igreja por um pastor?
Danilo - Na igreja católica fui convidado a me retirar do catecismo. Mas continuei católico. Um dia li a biblia e percebi q jamais poderia continuar sendo católico se quisesse acreditar que a Biblia é a palavra de Deus. Então busquei uma igreja que estivesse mais de acordo. Mas acho que encontrei apenas uma que estava em menos desacordo. Tambem fui convidado por um pastor a me retirar da igreja... e por irmãos a nao pregar mais... Pensei em ser padre..e em ser pastor... acabei virando humorista... pelo menos no fim das contas fiz as pessoas rirem (e não chorarem).

5 comentários

Felipe Peixoto disse... @ 19 de agosto de 2008 16:17

Já imagino a pregação dessa criatura. Quem não proibiria?

wagnerwj disse... @ 22 de agosto de 2008 16:17

excelente matéria aquela que ele fez na marcha

wagnerwj disse... @ 22 de agosto de 2008 16:24

aliás como cristão, fiquei envergonhado não com o conteúdo
da matéria, mas com a postura de
um povo que mostra o orgulho que sentem por serem manipulados por seus líderes. Fiquei pasmo em ver e ouvir pessoas que ainda acreditam que apostolos e bispos condenados por crimes financeiros são o mesmo que pessoas perseguidas pelo amor do evangelho.

Júlio disse... @ 10 de novembro de 2009 01:30

De acordo com uma amiga, ele foi em um evento da Renasceita, com uma faixa "$o$ da vida." Substituindo a letra "o" por uma moeda. Rasgaram a faixa, não sei se o agrediram, mas acredito que sim. Participei de um protesto organizado por internautas. Ele está no Genizah, pulpito cristão, Site do caio fábio.
Video de como foi o protesto e a forma calorosa que nos receberam.
http://videolog.uol.com.br/pabloosilva/videos/493923.

David disse... @ 29 de setembro de 2011 02:54

Esse cara, se tivesse encontrado pessoas que entendessem seu modo de ser, seria um grande reformista. As igrejas querem pessoas quadradas, não reformistas. Esses primeiro são colocados de lado, porque geralmente tem potencial para se destacar, depois que aprontam alguma, são expulsos, discriminados, enfim. As igrejas não estão preparadas para pessoas como ele. E detalhe: existem muitos como ele.

Postar um comentário